Os responsáveis pelo projecto One Laptop per Child (OLPC) estão a incentivar os criadores de software a desenvolverem jogos educacionais para o XO, os computadores de baixo custo fabricados no âmbito da iniciativa. De acordo com a PC World, as aplicações deverão ser open-source, tal como os restantes programas integrados na plataforma.




Entre os incentivos à produção das aplicações destaca-se o prémio que a OLPC pretende atribuir à equipa que se evidenciar na criação de novos jogos durante o Game Jam, uma iniciativa onde durante três dias diversos criadores se reunirão para o desenvolvimento de novas aplicações para o XO.




A organização do OLPC acredita que através da introdução de software variado nas plataformas de baixo custo será potenciado o aumento do número de encomendas efectuadas pelos governos dos países emergentes - para os quais os computadores se dirigem.




O objectivo é chegar aos 3 milhões de encomendas até ao final deste mês - meio milhão acima do valor registado no final de Abril. Apesar de já ser um volume de pedidos considerável são ainda necessárias mais encomendas para que o custo de produção dos computadores se mantenha reduzido e o início da distribuição das plataformas, previsto para Setembro, não fique comprometido.




As plataformas desenvolvidas pela OLPC concorrem com um projecto semelhante promovido pela Intel, o Classmate PC. Ambas as iniciativas se dirigem a mercados em desenvolvimento onde o acesso às novas tecnologias é ainda uma realidade algo distante.




Notícias Relacionadas:

2007-04-27 - Computadores de baixo custo da OLPC vendidos a 175 dólares

2007-01-03 - One Laptop per Child inicia distribuição de computadores em Fevereiro

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.