Para já não passa de uma hipótese académica, mas tudo indica que as dificuldades que o projeto OpenOffice Apache está a atravessar não sejam facilmente resolvidas, acabando no encerramento da iniciativa que pretendia servir de alternativa ao pacote de software de produtividade da Microsoft, o Microsoft Office.

Numa mensagem aos programadores, o vice presidente e um dos voluntários da iniciativa, Dennis E. Hamilton, alinha a situação e explica como se poderá processar o encerramento do OpenOffice.

A equipa principal de voluntários que desenvolve e suporta o software OpenOffice está atualmente reduzida a seis pessoas, o que é insuficiente para as necessidades do projeto, e tornou impossível resolver alguns problemas de segurança que surgiram. Na mensagem o vice presidente reconhece que há poucas hipóteses de atrair novo talento e que o encerramento é por isso uma "possibilidade séria" que tem de ser considerada.

O lançamento de novas versões e de atualizações do OpenOficce tem sido reduzido, sobretudo depois da autonomização do LibreOffice em 2011, uma iniciativa paralela que foi criada para distanciar o projeto da Oracle. 

O OpenOffice tem raízes na Sun Microsystems, que comprou a Star Division em 1999, e com ela um pacote de software designado Star Office. O objetivo na altura era oferecer a versão cliente de forma gratuita, numa alternativa ao pacote Office da Microsoft, e por isso foi criada a OpenOffice.org, que deveria dar continuidade à ideia e ao projeto depois da publicação do código em modelo open source.

O pacote de software de produtividade foi acolhido por muitos como uma alternativa viável ao software da Microsoft, mas com a compra da Sun pela Oracle em 2011 foi entregue à Apache Software Foundation, e a saída de muitos programadores para a LibreOffice acabou por "esvaziar" a iniciativa.

A última versão do OpenOffice disponibilizada é a 4.1.2, com data de outubro de 2015, e a mensagem de falta de recursos para resolver problemas de segurança e outros bugs deve deixar todos os utilizadores do software ainda mais preocupados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.