A Opera atualizou a sua aplicação de browser, em versão Android, com a funcionalidade de carteira de criptomoedas. Para já, apenas suporta o Ethereum, mas no futuro outras moedas virtuais vão ser suportadas. Depois de instalar (ou atualizar) a aplicação para a versão mais recente, os utilizadores podem comprar ether e utilizar em diferentes miniaplicações na loja do browser ou nos serviços que aceitem essa moeda como pagamento.

Quando foi lançado em julho a versão beta, o browser estava a suportar tokens para as moedas cripto e ERC20, com a capacidade de enviar e receber criptomoedas. Foi testado um sistema de proteção com a ajuda de sensores biométricos ou palavra-passe do próprio Android, sem a necessidade de gerar dados novos. Além disso, tendo em conta o crescente número de esquemas para roubar criptomoedas, a empresa introduziu novos sistemas de proteção em todo o seu ecossistema de browsers de internet.

A Crypto Wallet da Opera pretende facilitar os pagamentos móveis, sem recorrer a uma aplicação adicional. A carteira deteta ainda automaticamente os tokens ERC20 que os utilizadores tenham acumulado de certas aplicações e jogos, que utilizam a sua própria moeda. Se desejar, pode enviar diretamente da carteira os tokens, sem a necessidade de abrir as respetivas aplicações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.