A Oracle pretende fundir as suas aplicações com as da PeopleSoft numa única suite a que convencionou chamar "Project Fusion". Tal como prometido há umas semanas atrás, a Oracle irá continuar a assegurar o desenvolvimento das linhas de produto em separado por mais alguns anos, confirmou Larry Ellison numa conferência destinada a detalhar os planos da gigante do software empresarial agora que a fusão está concretizada.



A futura geração de software que combinará as melhores soluções de ambas as empresas surgirá em 2008. Até lá, o mapa de intenções da Oracle compreende o desenvolvimento das aplicações PeopleSoft Enterprise 8.9 para este ano, o lançamento do PeopleSoft Enterprise 9.0 em 2006 e do J. D. Edwards 8.12 - empresa adquirida pela PeopleSoft antes da fusão desta com a Oracle -, assim como a disponibilização da E-Business Suite da própria Oracle. Para 2007 está prevista a chegada ao mercado das chamadas Individual Fusion, aplicações capazes de substituir tanto os produtos anteriores da PeopleSoft e da J.D. Edwards como da Oracle.



Na conferência de imprensa Larry Ellison e os restantes executivos da Oracle fizeram igualmente questão de salientar que o seu principal objectivo é assegurar a lealdade dos 12 mil utilizadores empresariais que a PeopleSoft trouxe em carteira e que fazem da nova empresa a maior do mercado americano de aplicações em base de clientes, à frente da SAP.



Para se distanciar da rival alemã, a Oracle vai basear o seu conjunto de soluções combinadas em Java, adiantou, enquanto a SAP prefere continuar a apostar nos formatos proprietários.



Da conferência de imprensa saiu igualmente a confirmação de que a Oracle pretende oferecer suporte às aplicações da PeopleSoft e da J. D. Edwards até 2013. A área de assistência e suporte da nova empresa reunirá 6.000 funcionários em todo o mundo, 1.000 dos quais antigos quadros da PeopleSoft.



Inicialmente, os clientes PeopleSoft não deverão notar grandes alterações nos centros de apoio a que costumavam recorrer. As alterações serão introduzidas gradualmente, e no lugar dos seis centros de suporte disponibilizados pela empresa adquirida, os utilizadores das soluções da nova empresa terão 16 à sua disposição, informa um comunicado.



Notícias Relacionadas:

2005-01-17 - Fusão entre Oracle e PeopleSoft resulta em 5.000 despedimentos

2004-12-13 - Oracle compra PeopleSoft por 10,3 mil milhões de dólares

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.