A empresa de tecnologia Patriot Scientific que desenvolveu a família de microprocessadores IGNITE, e que mantém um processo judicial contra a Intel por alegada violação de patente, revelou que conta processar 150 novas empresas na sequência da acção contra a fabricante norte-americana.



A patente em causa (5.809.336) intitula-se Microprocessadores de Alta Velocidade com Sistema de Velocidade de Relógio Variável e é utilizada nos processadores modernos para aumentar a velocidade de processamento.



Segundo a Patriot esta é utilizada na família de processadores Pentium que serve de base a vários modelos de PCs de um conjunto alargado de fabricantes, violando de forma intencional parte do portfólio da patente e motivando a acção contra a Intel que exige compensações por danos e medidas de protecção a futuras infracções.



Segundo Jeff Wallin CEO e presidente da Patriot quando a velocidade de processamento de um chip varia entre 110 e 120 MHz pode estar a violar parte do portfólio que compreende a nossa patente", exemplifica o responsável desvendando um dos argumentos da acusação citado pelo The Register.



Depois de processar a Intel, a Patriot - que registou a patente em 1995 - avançou com processos contra cinco fabricantes japoneses de PCs, clientes da Intel. Ao desenvolverem produtos suportados pelos microprocessadores da Intel a Sony, a Toshiba, a Fujitsu, a NEC e a Matsushita estão também a infringir a propriedade intelectual da Patriot, alega a empresa que agora ameaça estender a acção judicial a outros clientes Intel.



Entretanto a Intel decidiu avançar com um contra-processo com o objectivo de ver declarado pelo tribunal a sua inocência no caso e consequentemente a dos seus clientes japoneses, fabricantes de PCs. A acção da Intel visa ainda proibir a Patriot de avançar com novos processos contra outros fabricantes seus clientes.



Simultaneamente a fabricante americana enfrenta também uma acção interposta pela MicroUnity Systems Engineering que alega utilização indevida por parte da Intel das tecnologias SSE e HyperThreading, segundo a empresa detalhadas numa patente por si registada.




Notícias Relacionadas:

2003-04-08 - Intel e VIA resolvem processos de violação de patentes

2002-10-11 - Intel obrigada a pagar indemnização à Intergraph por violação de patentes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.