A ligação é feita entre a fábrica da SEAT, em Martorell, e o centro de logística do Grupo Sesé, também em Barcelona. As duas instalações estão a uma distância de 2km e atualmente o transporte é feito por camiões.

O projeto piloto está a ser supervisionado pela Spanish Aviation Safety and Security Agency (AESA), seguindo-se uma fase experimental com vários voos por dia. Volantes e airbags vão ser as peças transportadas para a linha de montagem da fabricante espanhola de automóveis.

tek drone seat

Pensado pelo vice-presidente do Departamento de Produção e Logística da SEAT, Christian Vollmer, este projeto vem assim permitir que a entrega de uma peça da linha de produção até à montagem seja quase imediata.

O serviço está em sintonia com o processo de transformação ambicioso da SEAT em tornar a fábrica da Martorell mais inteligente, digital e conectada, com o objetivo de aumentar a eficiência, flexibilidade e sustentabilidade.

Este tipo de entrega através de drones representa uma redução nas emissões de CO2, em comparação com as emissões do transporte de camiões. Por outro lado, as baterias dos drones são recarregas através de energia renovável, contribuindo também para um desenvolvimento mais sustentável da empresa.

Os drones estão a ser cada vez mais usados como um meio de transporte em todas as áreas e "estreias" não faltam. Em maio deste ano, por exemplo, um órgão para transplante foi entregue por um drone, após mais de 44 voos de teste, que se traduziram em mais de 700 horas no ar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.