Os detidos colocavam dispositivos em caixas Multibanco que lhes permitiam copiar os dados dos cartões bancários para, seguidamente, usarem cartões contrafeitos no levantamento de elevadas quantias.

Segundo o apurado pela PJ, os burlões terão reunido um valor de 20 mil euros, graças ao uso fraudulento de 116 cartões de crédito e débito, nacionais e estrangeiros.

Entre outros objetos relacionados com a atividade criminosa, foram apreendidas duas viaturas, aproximadamente duas centenas de cartões contrafeitos e os dispositivos que permitiam a sua clonagem e cópia de dados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.