A Polícia Judiciária realizou hoje uma operação a nível nacional contra a pornografia de menores na Internet. De acordo com informação disponibilizada em comunicado, as autoridades explicam que foram feitas 10 buscas domiciliárias em localidades de norte a sul do país.



Na sequência das operações foram constituídos arguidos oito homens, três dos quais com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos. Estes três homens ficaram detidos.



"A investigação tem por objecto a prática reiterada de posse e partilha de fotografias e filmes de pornografia de menores, utilizando para o efeito sítios na Internet onde esse tipo de material se encontra alojado", detalha a nota de imprensa que dá conta da operação.



No âmbito da investigação - que irá continuar em cooperação com as congéneres europeias - a PJ conseguiu já apurar o modus operandi dos suspeitos na compra do material contendo imagens e vídeos de abusos sexuais de menores. Estas compras eram realizadas com meios de pagamento online.



A operação de luta contra a pornografia infantil na Internet foi coordenada pela Directoria de Lisboa e Vale do Tejo, mas contou também com a participação de elementos da Directoria do Porto e da Unidade de Portimão da Polícia Judiciária.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.