A Microsoft confirmou que está a desenvolver uma linha de equipamentos para a área da música digital e do entretenimento, que a farão entrar definitivamente no promissor mercado liderado pela Apple.



Sem avançar grandes pormenores, a empresa de Bill Gates confirma, no entanto, as informações veiculadas por vários jornais nas últimas semanas dando conta de que a gigante do software estaria a preparar-se para entrar no mercado da música com uma nova estratégia. A mesma declaração adianta que o primeiro equipamento da nova linha Zune ficará disponível ainda este ano.



"Hoje confirmamos um novo projecto de música e entretenimento chamado Zune. Debaixo deste brand vamos avançar com uma família de software e hardware, o primeiro dos quais será lançado ainda este ano", adianta um porta-voz citado pela imprensa internacional.



"Nós vemos uma grande oportunidade para juntar tecnologia e comunidade por forma a permitir aos consumidores descobrirem e explorarem música em conjunto", acrescenta o mesmo responsável referindo-se aos possíveis formatos da nova oferta.



Informações sobre preços e outros detalhes dos produtos não são conhecidos. Fica a expectativa aguçada pelo novo site da marca que não tem mais informação disponível, mas permite a subscrição de uma newsletter que promete mais detalhes.



Fontes citadas na imprensa garantem que o produto referido pela Microsoft é um leitor digital idêntico ao iPod que será lançado em simultâneo com um serviço de música, também ele com características semelhantes ao iTunes.



A Microsoft apenas confirma que o primeiro equipamento da linha Zune vai incluir um disco rígido e conectividade Wi-Fi para ligação à Internet. Mais tarde chegam ao mercado equipamentos Zune mais complexos, com leitor de vídeo, por exemplo.



Notícias Relacionadas:

2006-07-21 - Yahoo testa serviço de música livre de DRM

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.