A Linspire está a anunciar o lançamento de uma solução de tradução Web e à procura de voluntários para a utilizarem na tradução das aplicações Linux em 78 línguas diferentes. Denominado International Resource Management Application, ou IRMA, o projecto pretende reunir utilizadores fluentes em inglês e outra língua e actualmente já está a trabalhar em 24 traduções.




A empresa, que fornece um sistema operativo baseado em Linux para computadores desktop e portáteis, diz em comunicado que já conseguiu a inscrição de mais de 200 voluntários. Nas próximas semanas espera-se que às 24 traduções agora a decorrer se juntem mais 54.




No total, o conjunto de componentes mais importantes do Linux contém aproximadamente 168 mil palavras. Além dos custos, desafios como a consistência e a codificação fazem deste grande projecto de tradução difícil de concretizar. Para ter uma tradução bem feita, os ficheiros de texto têm de ser codificados para que todos os caracteres em todas as linguagens sejam mostrados correctamente. O IRMA foi criado para facilitar e coordenar da melhor forma os esforços de tradução em todo o mundo.




O projecto IRMA está preparado para que tradutores líderes, denominados "managers" revejam as traduções de primeira linha. Todo o trabalho de tradução é desenvolvido sobre um interface Web, não sendo necessário qualquer software de tradução costumizado.




Quando as traduções estiverem terminadas serão integradas nas aplicações Linux mais populares, como o KDE, o Mozilla, o OpenOffice.org, a Lsongs, entre outras.




"Em vez de recorrermos às dispendiosas empresas de tradução, preferimos apelar à comunidade open-source de modo a tornar o Linux disponível a novos segmentos da população", refere Michael Robertson, CEO da Linspire, no comunicado.




Notícias Relacionadas:


2004-07-20 - Lindows muda definitivamente para Linspire na sequência de acordo global com a Microsoft

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.