Um novo método de diagnóstico médico, desenvolvido na Universidade de Coimbra, valeu à investigadora portuguesa Edite Figueiras o "Best Student Award", na conferência internacional Bioinformatics 2012, avançou ontem fonte da universidade.

O trabalho, levado a cabo pela aluna de doutoramento com a colaboração de investigadores internacionais nos últimos quatro anos, resultou na criação de um protótipo de um "fluxómetro a laser".

O equipamento, que "mede com rigor o fluxo sanguíneo nos vasos mais pequenos da pele (microcirculação)", apresenta-se como um método não invasivo para diagnóstico de algumas doenças que obrigam ao controlo deste tipo de valores, com especial destaque para a diabetes.

Para isso, "envia um feixe de luz (laser) através de fibra ótica e recebe a informação da sua interação com os glóbulos vermelhos, medindo a velocidade de circulação do sangue", explicam os responsáveis, num comunicado à imprensa.

O fluxómetro, desenvolvido no Centro de Instrumentação da Universidade de Coimbra, permite "correlacionar os fenómenos que se passam na pele, em conformidade com a velocidade da circulação capilar sanguínea, medida em determinada camada profunda da pele", salienta o investigador principal, Requicha Ferreira.

Até à data, este tipo de medição só era feita nas camadas superficiais da pele, "considerando que diferentes doenças afetam, de modo diferente, as várias camadas microcirculatórias, ao medirmos o fluxo sanguíneo presente em cada uma delas, estamos a dar um contributo muito importante" aos médicos.

A "medição rigorosa da microcirculação informa qual a camada da pele mais afetada, onde está a falhar a microcirculação, o que permite verificar a gravidade de determinada doença e, por exemplo, verificar se é necessário alterar o tratamento", detalha o cientista, citado na nota aos meios.

O objetivo da equipa passa agora por otimizar o dispositivo e colocá-lo no mercado.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.