O browser da Fundação Mozilla continua a aumentar a sua quota de mercado na Europa, apurou a consultora Xiti. Só no último mês, a aplicação conquistou perto de 29 por cento de participação e, em países como a Finlândia, Eslovénia ou Polónia, já se tornou o browser mais procurado, com níveis de utilização na ordem dos 43 a 46 por cento.



Em Portugal, o número de utilizadores do browser open-source também tem vindo a aumentar e, actualmente, a aplicação conta com uma utilização de 22,4 por cento, ou seja, 0,7 por cento mais do que em Fevereiro. Contudo, Portugal mantém o 24º posto na lista da Xiti.



Os números da empresa de medição de audiências online dizem ainda que a taxa de utilização do Firefox aumentou 4,5 por cento em termos homólogos.



No que se refere à concorrência, a Xiti verificou que o Internet Explorer perdeu quota de mercado no mês passado, fixando a sua participação na Europa nos 65 por cento. O Firefox está em segundo lugar, com os já referidos 28,8 pontos percentuais, seguido do Opera (3,3 por cento) e do Safari (2,3 por cento).



O mercado europeu assume-se assim como o segundo onde o Firefox consegue maior participação, sendo apenas superado pela Oceânia, onde a quota se fixa nos 31,2 por cento. Na América do Norte, o browser tem uma participação de 21,7 por cento, enquanto que na América do Sul a quota não vão além dos 21,3 por cento. Em África e na Ásia a quota varia entre os 17,9 e os 17,2 por cento, respectivamente.



Notícias Relacionadas:

2008-01-30 - Taxa de utilização do Firefox na Europa chega aos 28%

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.