Num realinhamento positivo, a IDC voltou a aumentar as suas previsões de vendas no mercado global de computadores pessoais, mantendo a percentagem de crescimento nos 11,4 por cento mas aumentando as vendas para 172,1 milhões de unidades. A subida de valores por parte da consultora não é muito significativa mas é mais um sinal de uma recuperação clara deste sector.



Na última previsão avançada pela IDC o número de vendas de computadores pessoais esperado situava-se nos 170 milhões, depois de no ano de 2003 a consultora ter contabilizado a comercialização de 154,5 milhões de equipamentos.



Ainda no mês passado o Gartner Group tinha também aumentado as suas previsões de vendas para os 187 milhões de unidades, num crescimento de 13,9 por cento. A divergência de valores existente entre as duas consultoras deve-se a diferenças entre as formas de contabilização das vendas de PCs, mas ambos apontam no sentido da recuperação do sector, com taxas de crescimento de dois dígitos para o ano de 2004.




A IDC afirma ainda que em 2005 o crescimento das vendas de PCs deverá situar-se nos 11,2 por cento, sustentado sobretudo pela aquisição de mais computadores portáteis e pela renovação dos parques empresariais. A taxa de crescimento deverá porém abrandar até 2008, altura em que se situará nos 8 por cento.

Notícias Relacionadas:

2004-02-10 - Gartner prevê que investimentos em TI melhorem em 2004

2004-01-15 - HP recupera liderança do mercado de PCs no último trimestre de 2003

2003-12-12 - IDC revê em alta previsões de vendas para PCs em 2004

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.