Atualmente líder na fabricação de semicondutores, a Samsung anunciou hoje a conclusão do processo de desenvolvimento dos novos processadores 7LPP (Low Power Plus). São chips de 7 nanómetros, que a fabricante tem vindo a “marinar” nos últimos meses, utilizando técnicas de litografia através de ultravioleta extrema (EUV). Esta evolução da tecnologia abre portas ao planeamento no futuro dos chips de 3 nm, refere a empresa em comunicado.

Os chips de 7 nm, cujas “bolachas” começam hoje a ser fabricadas, vão ocupar cerca de menos 40% de superfície, em relação à anterior geração. Na prática, os novos chips vão permitir um aumento de 40% de eficiência, com 20% de maior performance ou até 50% de poupança de consumo de energia, quando comparado com a tecnologia de 10 nm.

tek samsung

A tecnologia é o compromisso da empresa em fornecer às fabricantes de dispositivos um chip preparado para lidar com o futuro 5G, inteligência artificial, IoT, datacenter, networking e indústria automóvel.

Até 2020, a Samsung espera aumentar a capacidade de produção dos novos chips, para dar resposta às necessidades do mercado na entrada da próxima geração de processadores. A sua tecnologia contém ainda ferramentas de inspeção, que permitem detetar e eliminar componentes com defeito na fase inicial de fabricação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.