Segundo a Bloomberg, a Taiwan Semiconductor Manufacturing arrancou com a produção da nova geração de microprocessadores de 7 nanómetros e poderão ser instalados já na próxima geração de smartphones iPhone da Apple. Ao utilizar os novos chips, os equipamentos ganham maior autonomia e serão mais rápidos, fatores que tornam os equipamentos mais cobiçados pelo público.

Esse trunfo não passará ao lado dos principais fabricantes de smartphones, e a Samsung também já está a desenvolver a sua tecnologia de microprocessadores baseados em 7 nm, prevendo chegar aos seus equipamentos ainda este ano. No próximo ano os processadores passam à produção em massa para clientes externos.

IBM cria um processador funcional de cinco nanómetros
IBM cria um processador funcional de cinco nanómetros
Ver artigo

A empresa coreana referiu ainda que está em vias de se especializar nesta tecnologia que tem sido o foco da indústria durante a última década. Ainda no ano passado a Samsung lançava os chips de 8 nm, antecipando-se à sua concorrência. Para obter resultados positivos no desenvolvimento dos processadores de 7 nanómetros é necessário recorrer a uma técnica no ramo da nanolitografia que utiliza luz ultravioleta para gravar os chips com maior precisão.

A Samsung espera adotar a mesma estratégia que utilizou com os chips de memória, expandindo as vendas a outros fabricantes, o que lhe permitiu ultrapassar a Intel no ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.