Na sequência do já longo processo de alegada defesa dos direitos de autor do código fonte do Unix, a SCO deverá tomar mais uma agressiva medida contra a comunidade de utilizadores do sistema operativo Linux. Alegando que este sistema operativo utiliza código copiado do Unix, a SCO deverá enviar até ao final do mês intimações a utilizadores do Linux para os obrigar a aderir ao seu sistema de licenciamento.



Apesar de terem surgido durante o mês de Agosto várias notícias que desmentiam a hipótese da SCO perseguir os utilizadores de Linux, o porta-voz da empresa confirmou ontem à C|net que até ao final de Setembro as intimações devem seguir para utilizadores comerciais que tenham discutido publicamente o seu trabalho com Linux, esclarece Blake Stowell à mesma fonte.



A SCO tem vindo a aconselhar as empresas a aderir ao seu sistema de licenciamento, tornando a utilização das várias variantes do sistema operativo Unix e do Linux legais sem terem de passar por acções judiciais. Algumas grandes empresas, como a Microsoft e a própria Sun, já adeririam a este sistema de licenciamento, enquanto outras como a IBM e a Red Hat se mantêm teimosamente contra os propósitos do SCO Group. A IBM é também a única que está actualmente ameaçada por um processo judicial imposto por esta empresa que adquiriu os direitos de propriedade intelectual do Unix em 1995.



A SCO tinha já enviado em Maio cartas a mais de 1500 empresas ameaçando-as com um processo caso não recorressem ao sistema de licenciamento disponibilizado. O método agora é semelhante, afirmando a empresa que mais do que querer processar os utilizadores o objectivo é levá-los a fazer um registo de licença.



Um analista independente de Linux contactado pela C|net afirma que as empresas devem esperar pelo desfecho dos processos que decorrem actualmente antes de tomarem qualquer medida.



A SCO tem estado na mira dos adeptos do open-source e o seu site tem sido alvo de ataques frequentes. Além disso, a empresa defronta-se com um contra-processo imposto pela IBM, uma acusação separada da Red Hat e também um processo na Alemanha imposto por um grupo de defensores do Linux, o LinuxTag. Neste último caso a SCO foi condenada a pagar 10.000 euros mas recorreu da sentença.

Notícias Relacionadas:

2003-07-22 - SCO regista patente de códigos Unix e insiste no licenciamento do Linux

2003-06-17 - SCO aumenta indemnização a pagar pela IBM para três mil milhões de dólares

2003-05-15 - SCO ameaça empresas de implicação em processo sobre direitos de Unix

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.