Phil Spencer, responsável máximo pela Xbox, confirmou recentemente que não está a ser desenvolvida qualquer consola exclusivamente pensada para o streaming. Os rumores sugeriam o aposto, indicando que a próxima geração de consolas da Microsoft poderia incluir uma versão sem leitor de CDs nem grandes componentes de processamento interno, mas esta informação oficial deita a hipótese por terra.

10 novos jogos para aproveitar o final de ciclo da Xbox One
10 novos jogos para aproveitar o final de ciclo da Xbox One
Ver artigo

"De momento, não estamos a trabalhar numa consola que trabalhe apenas com streaming", explicou Spencer em entrevista à Gamespot. "Estamos a olhar para os smartphones como os equipamentos para onde os jogadores devem fazer streaming de jogos e, para as consolas, como os sistemas onde podem ser potenciadas experiências de jogo local".

O plano esteve em cima da mesa, mas a Microsoft chutou para canto no início de 2018. O esforço foi realocado para o projeto xCloud, que a empresa exibiu ao público na E3 do passado mês de junho. A versão beta do programa deverá ser disponibilizada em outubro e vai permitir aos jogadores que desfrutem de títulos por streaming, seja na consola, no computador ou no telefone.

Recorde-se que a Project Scarlett deverá incluir capacidade de processamento gráfico em 8K e armazenamento SSD. A consola deverá ser quatro vezes mais poderosa do que a Xbox One X. Halo Infinite é o primeiro jogo confirmado para o sistema.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.