A Intel anunciou em Xangai a chegada da segunda geração do Classmate PC. Os equipamentos diferem dos anteriores pela sua aparência mais sóbria e, de acordo com a fabricante, constituem uma aposta ganha para aqueles que procuram um computador funcional e económico, algo que não é apenas procurado pelos países subdesenvolvidos.



Destinado a todos os tipos de utilizador, os novos computadores custarão entre 300 a 500 dólares e incluem um ecrã de nove polegadas, webcam integrada, memória flash 4 Gb e um disco de 40GB, processador Celeron M a 900 Mhz, RAM de 512 MB e sistema operativo Linux ou Windows, dependendo do modelo escolhido pelo utilizador.



O software e conteúdos educativos pensados para o Classmate PC, que nesta segunda geração recebe a conotação de notebook por parte da Intel, estão disponíveis em mais de oito idiomas.



Mais de oitenta de fornecedores de software e hardware, de conteúdos, de educação e fabricantes de equipamentos originais (OEMs) locais têm estado a trabalhar com a Intel para desenvolver uma infra-estrutura completa que suporte o Classmate PC. Desta forma, e recorrendo à tecnologia da fabricante, os intervenientes acabam por oferecer um maior leque de escolha no momento de personalizar os equipamentos e de os adaptar às vastas necessidades educativas que existem no mundo.



De acordo com a Intel, os Classmate PCs, com tecnologia da fabricante serão construídos com o novo processador Atom, um chip de computação de baixo custo, desenhado para disponibilizar capacidades sem fios a dispositivos de computação móveis, como os portáteis.



Notícias Relacionadas:

2008-03-20 - Classmate PC com distribuição alargada à Europa

2008-01-18 - Classmate PC tem nova versão não limitada a estudantes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.