Os investigadores do Centro de Desenvolvimento de Software da Intel em Nihzniy Novgorod, uma localidade russa, criaram uma nova versão de um software que permite que os fabricantes de hardware construam computadores que podem visionar o mundo do mesmo modo que os humanos.



Este software, denominado Open Source Computer Vision Library (OpenCV 2.1), consiste numa ferramenta open-source que contém cerca de 500 funções de imagem destinadas a apoiar os investigadores no desenvolvimento de aplicações de visão computacional, estando gratuitamente disponível para download.



Com este conjunto de bibliotecas de código, os computadores poderão reconhecer imagens planas e profundas, contribuindo, em paralelo, para o aperfeiçoamento de uma vasta gama de aplicações de visão, como reconhecimento facial e de gestos e seguimento de objectos.



Segundo a Intel, o software de visão computacional a duas dimensões actualmente existente reconhecem as imagens como campos planos de uma só côr. O novo código estereoscópico desenvolvido pela fabricante de semicondutores vai permitir que os computadores utilizem informação sobre a sensação de profundidade para detectar e identificar objectos e superfícies individuais numa determinada imagem.



Outra novidade introduzida pelo OpenCV 2.1 é um interface opcional de modo a que todas as funções OpenCV possam ser importadas para o Matlab, uma das ferramentas de software mais utilizadas na investigação sobre visão computacional.



A introdução de algoritmos de visão computacional em tempo real em PCS comuns tem vindo a realizar-se à medida que os processadores vão sendo cada vez mais rápidos, que os preços das câmaras de vídeo vão descendo de preço e que tecnologias como a USB 2 (Universal Serial Bus) vão aumentando a largura de banda disponível para a captura de imagens vídeo para o PC.



Esta biblioteca de visão computacional da Intel foi criada com o objectivo de contribuir para um aumento da inovação nesta área ao disponibilizar o código fonte do software para uma série de funções de imagem e visão informática. Durante o primeiro ano após o lançamento inicial do OpenCV, que ocorreu em 2000, já foram efectuados mais de 75 mil downloads do código do programa. O seu grupo de utilizadores conta actualmente com mais de dois mil membros registados.



O OpenCV está a ser utilizado por programadores para aplicações como brinquedos e produtos industriais. Este software open-source inclui o código fonte baseado na linguagem de programação C de todas as funcionalidades da biblioteca e uma licença de redistribuição que não inclui royalties.


Notícias Relacionadas:

2000-11-18 - QX3, o microscópio da Intel

2000-06-28 - Creative e Intel com novas câmaras

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.