A Sony está confiante de que a consola que vai chegar esta semana ao mercado, a PlayStation 4, vai conseguir atingir vendas de três milhões de unidades até ao final de 2013. Além de estrear uma nova geração de consolas, a Sony vai também dar resposta à pressão dos investidores depois de ter desiludido nos resultados do último trimestre.

A Sony tem uma vantagem teórica relativamente à Microsoft no lançamento das novas consolas. Enquanto até ao final do ano a PlayStation 4 vai estar disponível em mais de 30 mercados, incluindo Portugal, a Xbox One vai estar à venda em apenas 13 países. E o preço também será mais baixo: 399 euros contra 499 euros.

O diretor executivo da Sony EUA, Jack Tretton, reconheceu à Bloomberg que a guerra das consolas não é um sprint, "é uma maratona", mas também reconheceu que ter um bom início "é algo de bom".

Os três milhões de consolas que a Sony espera vender nas próximas seis semanas e meia são quase tantas unidades como as que a Nintendo vendeu até agora, em mais de um ano de comercialização, com a Wii U.

Os analistas esperam que a Xbox One tenha um começo semelhante ao da concorrente japonesa, apontando para os três milhões de unidades até ao final do ano e para os cinco milhões de unidades até março do próximo ano.

Num inquérito feito recentemente pelo TeK, 56% dos leitores indicaram que a PlayStation 4 é a consola que mais interesse desperta, seguida da Xbox One com 33%.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.