O relatório semestral da empresa de software antivirus Sophos aponta o jovem hacker alemão que confessou ter desenvolvido os worms Netsky e Sasser como responsável por 70 por cento de todas as infecções de vírus registadas em 2004.



Com apenas 18 anos, Sven Jaschan, foi responsável pela criação dos dois vírus que mais dores de cabeça trouxeram aos utilizadores de Internet no início deste ano, calculando a Sophos que acumularam quase 50 por cento de toda a actividade de vírus registada nos primeiros seis meses de 2004.



Esse valor sobre para 70 por cento se forem contabilizadas as variantes depois divulgadas do Netsky, afirma ainda a empresa em comunicado.



De acordo com os dados da Sophos, o Sasser foi responsável por 26,1 por cento de todas as infecções de vírus, seguindo-se o Netsky.p, Netsky.b e Netsky.d. No top ten da empresa só figuram quatro vírus que não foram desenvolvidos por este jovem, o MyDoom.a, Zafi.b , Sober.c e Bagle.a.



Embora o jovem tenha sido detido, Graham Cluley, consultor sénior da Sophos, afirma que há sempre alguém disposto a substituir estes hackers no seu “trabalho" de criação de vírus e outros tipos de código malicioso. O mesmo responsável adianta ainda que existe um crescimento do envolvimento de organizações criminais na criação de vírus, que têm uma menor probabilidade de serem apanhados por serem mais cautelosos.


O número de vírus identificados este semestre também aumentou em relação ao período homólogo, crescendo 21 por cento para os 4.677 novos vírus.

Notícias Relacionadas:

2004-05-13 - Polícia alemã interroga mais suspeitos de ligação aos casos Sasser e Netsky

2004-05-10 - Polícia detém presumível autor do worm Sasser com base em denúncia

2004-01-16 - Ataques de vírus causaram prejuízos de 55 mil milhões de euros em 2003

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.