É a primeira vez que a Microsoft tem direito a sentar-se entre os cinco primeiros. De acordo com a Gartner, a empresa de Redmond detém uma quota de 4,1% do mercado norte-americano de PCs, ultrapassando ligeiramente a Acer, que caiu, em consequência, para o sexto lugar.

Mundialmente falando, a tecnológica ainda não goza do mesmo estatuto. Enquanto a chinesa Lenovo lidera, Asus e Acer disputam o quinto lugar da lista, segundo os dados referentes às vendas realizadas no terceiro trimestre do ano.

Em termos totais, e com base na análise da Gartner, as vendas de PCs cresceram 0,1%. A IDC, por outro lado, afirma que este número caiu 0,9%. A diferença justifica-se pela forma como ambas as empresas definem um PC - a IDC inclui Chromebooks, mas exclui tablets com teclados acopláveis, ao passo que a Gartner faz o oposto - o que as leva a contabilizar os dados de forma diferente.

As tendências mostram que as líderes de mercado estão a solidificar a sua posição, com HP, Lenovo e Dell a conquistarem maior quota de mercado. Apple, Acer e Asus perderam alguns pontos nesta corrida para outras fabricantes.

tek GARTNER
Total de unidades vendidas durante o terceiro trimestre de 2018, pelas cinco maiores fabricantes de PCs em todo o mundo. Fonte: Gartner

A Microsoft parece estar a montar uma rampa de lançamento, com o sucesso da gama Surface. Recorde-se que, recentemente, a marca apostou em expandir o seu catálogo de equipamentos com novas variantes. Adicionalmente, as estimativas mostram que as receitas geradas por esta linha de equipamentos cresceu cerca de 25%, para os 1,1 mil milhões de dólares, durante os últimos meses de julho, agosto e setembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.