O fundador do projecto One Laptop Per Child (OLPC) disse esta semana que a organização está a acelerar o processo de desenvolvimento do próximo computador. O primeiro protótipo, que será um tablet, deverá estar pronto a ser apresentado em Dezembro de 2010, dois anos antes do previsto.

Na origem dos progressos está uma parceria com a Marvell, uma fabricante norte-americana de chips que apresentou em meados de Março um tablet (o Moby) que deverá servir de base ao XO-3, da OLPC, garantindo uma produção em maior escala, que ajude a reduzir custos, explicou o responsável.

A notícia é avançada hoje por vários meios de comunicação internacionais, que citam Nicholas Negroponte, afirmando que o preço previsto para o equipamento é de 75 dólares. A informação surge depois de, em Dezembro, terem aparecido as primeiras imagens de conceito do novo modelo, concebidas pela Fuse, tendo sido na altura revelada a adopção do conceito de tablet puro (sem teclado).

"Nós apercebemo-nos de que a Marvell estava a ir na direcção certa, no que respeita às capacidades dos seus processadores, especialmente no que respeita à gestão de energia", disse o director da área tecnológica da OLPC, citado pela PC Mag.

No âmbito do acordo com a fabricante, a OLPC vai também colocar à disposição da Marvell e dos parceiros o seu design de referência, de forma a incentivar uma maior adopção da tecnologia.

O dispositivo que Negroponte quer ter pronto para mostrar na CES 2011 será um tablet que misture as características de um portátil, um iPad e um Kindle, revelou o responsável, citado pela PC World.

Entre as novidades está a opção por um ecrã, "com uma diagonal de 9 polegadas ou talvez mais" e dois modos diferentes de visualização, um destinado à utilização no exterior (semelhante ao usado em leitores de ebooks) e outro para usar debaixo da luz solar.

Outro dos objectivos é que este seja totalmente construído em plástico inquebrável, embora o primeiro protótipo seja esperado ainda com visor em vidro.

Tal como já tinha sido antecipado, no que respeita ao sistema operativo o objectivo é que seja uma plataforma baseada em Linux, mas é provável que os primeiros recorram ao Android.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.