A Toshiba anunciou ter desenvolvido um novo chip de memória para dispositivos móveis com uma capacidade de 128GB.

A nova criação foi concebida a pensar na integração num vasto leque de equipamentos destinados ao mercado de consumo, incluindo smartphones, tablets ou câmaras de vídeo digitais, exemplifica a empresa, num comunicado emitido ontem.

Na mesma nota, a fabricante avança que as primeiras amostras deverão estar disponíveis em Setembro, estando o início da fase de produção em massa agendado para o quarto trimestre de 2010, que começa em Outubro.

Trata-se de um módulo de memória flash NAND, que mede 17x22x1,4 milímetros e apresenta a maior capacidade de armazenamento até agora conseguida pela indústria num dispositivo do género, afirma a Toshiba.

A inovação justifica-se pela "crescente procura de chips de grande capacidade, capazes de suportar vídeo em alta resolução e fornecer mais espaço para armazenamento de dados".

O componente estará também disponível numa versão de 64GB, cujas amostras estarão prontas em Agosto, adiantou a empresa.

O anúncio surge numa altura em que a fabricante se prepara para fundir a sua área de negócio de telemóveis com a Fujitsu, como ficou confirmado hoje.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.