Os drones estão cada vez mais envolvidos em soluções de transporte de emergência, como por exemplo a distribuição de vacinas em áreas de difícil acesso, ou a serem os primeiros a chegar a locais de acidentes. Um grupo de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, decidiu dar um novo passo na “confiança” depositada nos drones e realizou o transporte de um rim, provando ao mundo a sua importância em situações de emergência.

A logística de transporte de órgãos envolve equipas no terreno e voos, em que os atrasos podem afetar a qualidade dos mesmos e inviabilizar o transplante. A equipa de investigadores agilizou o processo entre o dador e o recetor, chegando à conclusão que mediante a distância, consegue-se reduzir entre 50 a 70% do tempo de transporte com o drone, como é referido no estudo.

Joseph R. Scalea, um dos investigadores envolvidos, refere que diminuir o tempo de transporte do órgão irá aumentar a qualidade dos transplantes e funcionar melhor no recetor. No experimento foi utilizado um DJI Matrice 600 modificado, utilizando seis motores e a possibilidade de transportar até seis quilos. No lugar da câmara fotográfica foi colocada uma caixa para monitorizar o órgão (temperatura, pressão, altitude, vibração e dados de localização via GPS).

tek drone

O rim utilizado nas experiências não estava em condições para ser transplantado, por isso foram feitas 14 viagens de teste e em todas elas foram registadas as suas condições antes e depois de chegar ao destino. O mais longo foi de cinco quilómetros e permitiu simular o transporte entre dois hospitais numa cidade. Entre os vários testes, chegou-se à conclusão de que a vibração era menor quando transportado pelo drone e o órgão não sofreu alterações.

Estima-se que em 2016, nos Estados Unidos, cerca de 20% dos 13.501 rins transportados para transplante foram perdidos devido ao tempo que demoram a chegar ao destino. Os investigadores estimam que através do transporte com drones, os cerca de 2.700 rins descartados poderiam ter sido implantados.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.