O mercado de dispositivos móveis e portáteis português vai crescer a uma taxa anual de 20 por cento até 2009, segundo refere a IDC num estudo recente, onde apresenta tendências para a indústria da "mobilidade", na vertente das aplicações, serviços e respectivos equipamentos, nos segmentos de consumo e empresarial.



Numa análise à situação actual, a consultora refere que a venda de dispositivos móveis e portáteis em 2005 atingiu as 3.794.621 unidades no mercado português. Os telefones móveis continuam a dominar, com 3,283 milhões de unidades comercializadas em 2005, prevendo-se que este segmento cresça a um ritmo de 16 por cento ao ano até 2009.



A dinâmica deste segmento está associada "à introdução de novos componentes tecnológicos e pela progressiva transição para o UMTS", diz num comunicado enviado è imprensa. Os smartphones são, no entanto, apresentados como o segmento com maior potencial de crescimento no mercado dos dispositivos móveis, prevendo-se um crescimento médio anual de 93 por cento para o período compreendido entre 2005-2009, dinamizado pelo segmento empresarial e de consumo, salienta a IDC.



Apesar de todo o potencial dos smartphones, os portáteis continuam a reunir preferências entre os utilizadores empresariais no acesso a dados em mobilidade, prevendo a IDC que este segmento cresça a uma taxa anual média de 37 por cento para o período em análise.



No que diz respeito aos serviços móveis de dados, o SMS continuará a ser a aplicação de maio sucesso em Portugal, prevendo-se que reúna mais de sete milhões de utilizadores em 2009, embora com um crescimento médio anual de apenas de quatro por cento entre 2005 e 2009, diz a IDC.



Na opiniãoda consultora, as aplicações com maior potencial de crescimento no mercado móvel são a música, o vídeo, o MMS e o Instant Messaging, que registarão taxas de crescimento anuais médias superiores a 50 por cento durante o período em análise.



Os jogos, os toques e o email através do telefone móvel são igualmente aplicações com elevado potencial de crescimento para a IDC. A consultora arrisca ainda previsões para o sector "embrionário" dos serviços de Mobile TV, afirmando que o mesmo deverá somar 1,5 milhões de utilizadores em 2009.



Notícias Relacionadas:

2006-02-16 - Mercado das comunicações móveis na EMEA cresce até 2009

2005-08-01 - Venda de telemóveis em 2005 ultrapassa os 825 milhões de terminais

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.