Continuam a vender-se menos computadores em Portugal. Os números mais recentes da IDC mostram uma quebra de 21,3% no primeiro trimestre de 2011, comparativamente ao ano passado, período em que se venderam 233, 3 mil unidades.

Deste total, 80% eram computadores portáteis (188 mil) e os restantes 20% (45 mil ) pertenciam à categoria desktop.

A quebra do mercado foi generalizada, independentemente dos formatos e dos segmentos, salienta a IDC, com o segmento empresarial a registar uma redução de vendas de 19,4%, quando no segmento de consumo a quebra foi de 22,2%.

"A continuada debilidade do consumo e do investimento público e privado é o principal motivo das quebras continuadas no mercado, situação que deverá continuar ao longo de 2011" salienta Gabriel Coimbra, responsável de Research & Consulting em Portugal.

O consultor sugere ainda que os PCs estão igualmente a sentir o impacto da crescente adopção das media tablets, à semelhança do que acontece na Europa, onde o mercado registou uma quebra de 9,6%.

Somando portáteis e desktops, o ranking de fabricantes é liderado pela Hewlett-Packard, com uma quota de mercado de 19,9%, apesar de uma redução das vendas de 21,3% face ao primeiro trimestre de 2010. No segundo lugar surge agora a JP Sá Couto, cujas vendas cresceram 172,8% no ano. Seguem-se Toshiba, Acer e ASUS, com quebras de vendas mais ou menos acentuadas.

Por formatos, a liderança nos portáteis neste trimestre foi assumida pela JP Sá Couto, com uma quota de 22,7% conseguida com um crescimento anual de 189,2% neste segmento. Seguem-se a Toshiba (21,8%), Acer, HP e ASUS. Estas três marcas sofreram quebras de vendas de respectivamente 48,5%, 35,4% e 62,4%, face ao período homólogo.

No segmento dos desktops, a HP mantém a liderança, com uma quota de mercado de 47,4%, seguida da Dell, que surge em segundo lugar impulsionada por um crescimento anual de 41,8%. Seguem-se a Apple, Acer e Fujitsu, com quotas entre os cinco e os três por cento e quebras anuais significativas nas vendas.

[caption][/caption]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.