O projecto Openoffice.org anunciou o lançamento da versão 1.1.2 do pacote de aplicações de produtividade open source em língua portuguesa. Esta nova versão procura resolver algumas questões detectadas na edição anterior e optimizar o funcionamento do software para Portugal.



Assim, a versão 1.1.2 portuguesa conta com algumas novidades face à mesma versão em inglês e à anterior versão local, onde se destaca as teclas de atalho, "completamente localizadas e colocadas de forma natural para os utilizadores portugueses", segundo explica um comunicado que dá conta da nova listagem de atalhos disponíveis.



Por outro lado, as funções de Cálculo foram revistas, o que implicou a correcção de problemas de duplicação de funções e introdução da possibilidade de instalar fontes no Openoffice.org recorrendo à Internet. As alterações face à versão anterior notam-se ainda ao nível das plataformas que foram optimizadas: para Linux é utilizado a glibc 2.3.3, enquanto no Windows foi efectuada a compilação como optimizador de VC++ 2002 Professional, explica o mesmo comunicado.



Tal como acontece nas versões anteriores, a nova release do OpenOffice está disponível para download através do site nacional para Windows e Linux.



A primeira versão do pacote aplicacional em português tentava já adaptar o produto à língua, fornecendo aos utilizadores um dicionário português pré-instalado e configurado e um interface gráfico totalmente localizado pelo projecto local.



O projecto OpenOffice foi fundado pela Sun MicroSystems em 2000, apresentando-se como alternativa ao pacote de produtividade da Microsoft e partilhando a tecnologia com o StarOffice. Na sua formulação base conta com um processador de texto, folha de cálculo, gestor de apresentações, programa de desenho vectorial, em mais de 23 línguas.



Notícias Relacionadas:

2004-03-10 - OpenOffice.org 1.1 conhece versão em português

2003-10-02 - OpenOffice apresenta versão 1.1 para Linux, Windows e Solaris

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.