Não passa de uma prova de conceito, que não apresenta ainda um perigo real para os utilizadores, mas a Kaspersky identificou um vírus desenvolvido para os iPod que tenham instalado Linux. O Podloso foi testado pela empresa de soluções de segurança que diz não acreditar que os "iVirus" venham a causar grandes problemas no futuro.

A informação publicada no site da Kaspersky refere que o vírus é uma experiência típica, desenvolvida apenas para mostrar que é possível infectar uma determinada plataforma e que não tem qualquer intenção maliciosa associada, para além de ser incapaz de se disseminar de forma autónoma, exigindo uma acção do utilizador.

Uma vez executado, o programa percorre o disco rígido do iPod e contamina os ficheiros com extensão ".elf". Se o utilizador tentar aceder a estes ficheiros é apresentada a frase "Você está infectado pelo Oslo, o primeiro vírus para iPods com Linux" (You are infected with Oslo, the first iPodLinux Vírus).

Estes dois factores fazem com que a Kaspersky admita que não existe um perigo real para os utilizadores do leitor de música da Apple, ainda mais porque é necessário que estes tenham instalado Linux no dispositivo, o que acontece quando se deseja alargar as funcionalidades do mesmo.

No blog dos analistas da empresa é sublinhado que a experimentação deste vírus foi um puzzle interessante, até porque o próprio vírus tinha alguns bugs e rebentava o sistema. No entanto, o analista responsável pelo post adianta que não acredita que os "iVurus" venham a causar problemas sérios no futuro dadas as diferenças em relação às plataformas dos PCs e dos smartphones, normalmente mais vulneráveis.

"Os utilizadores não estão constantemente a instalar novo software e a fazer download de ficheiros, pelo que se reduzem as possibilidades de infecção. E o que há para roubar num iPod? Ficheiros multimédia e mais nada", escreve este analista no blog.

Alguns sites noticiosos referem porém que foi a Kaspersky que desenvolveu o vírus, uma informação que o TeK não consegue confirmar e que não decorre dos dados comunicados no site.

Recorde-se que este não é o primeiro vírus para leitores iPod. No ano passado a Apple tinha admitido que alguns Video iPods tinham sido comercializados com um vírus desenvolvido para Windows, confirmando que os dispositivos ficaram infectados durante o processo de fabrico. (Veja Notícias Relacionadas).

Notícias Relacionadas:

2006-10-19 - Apple assegura que iPods infectados com vírus são em pequeno número

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.