Um estudo elaborado pela consultora Privacy Company, a pedido do governou holandês, apontou que o Windows 10 e as versões empresariais do Office 2016 e 365 infringem diferentes cláusulas das Regras Gerais de Proteção de Dados (RGPD). O relatório refere que estas ferramentas da Microsoft utilizam métodos de recolha de dados que contradizem diretamente as diretivas do RGPD, avança o IT Channel.

No documento é referido que as subscrições empresariais (ProPlus) dos produtos Office contêm diversos fatores de risco na proteção de dados, tais como a recolha e armazenamento de metadados, dados sensíveis sem o consentimento dos utilizadores e um prazo de retenção para além do previsto por lei, sem justificação.

Embora a Microsoft refira que os dados recolhidos se destinam a questões de segurança e operacionais, o estudo determina que a informação é recolhida de forma sistemática e em grandes volumes que não são requeridos para este tipo de operações. Entre os dados são apontados excertos de texto produzido no Word e assuntos de emails no Outlook (ambos pertencentes ao Office) sem informar ou pedir consentimento aos utilizadores. Para além de não oferecer opções de desativação ou discriminar o propósito da recolha e armazenamento dos dados.

A Privacy Company refere ainda no documento que a Microsoft incluiu um software em separado que tem como objetivo recolher os dados de telemetria, que são depois enviados diretamente para os seus servidores nos Estados Unidos. Ferramentas pertencentes ao Connected Services do Office, tais como o serviço de tradução, também são utilizados na recolha sistemática de dados.

Já consciente deste relatório, é referido que a Microsoft já começou a tomar medidas para cumprir com o RGPD. Implementou opções avançadas de privacidade e comprometeu-se na transparência com os seus utilizadores e a oferecer-lhes informações sobre a utilização dos dados recolhidos, incluindo os elementos de telemetria. Mas até todo o processo ficar concluído, o relatório sugere aos utilizadores tomarem medidas preventivas, tais como as configurações de privacidade e evitar o uso de serviços da versão online do Office 365.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.