O novo Windows 7, que tem hoje lançamento oficial em todo o mundo, vai ter também em Portugal uma versão especial para o sector da Educação, com um "preço agressivo". A novidade foi ontem avançada ao TeK por Marcos Santos, responsável pela ára do Windows em Portugal, que prometeu a divulgação das características e preços do programa a 31 de Outubro, data do lançamento da versão portuguesa do sistema operativo.

Alguns países já avançaram com a divulgação destes programas e os respectivos preços, que nos Estados Unidos, por exemplo, se fixam nos 30 dólares para estudantes registados no domínio .edu. No Reino Unido o preço é de 30 libras.

Marcos Santos não adiantou ainda preços para as versões para o mercado da educação em Portugal, mas garantiu que vão ser muito agressivos. "Este programa é dirigido também aos beneficiários do e-escolas, que compraram os computadores a 150 euros, por isso o preço tem de ser conciliável com esta realidade", explicou ao TeK.

Recorde-se que todos os computadores com menos de 3 anos suportam o Windows 7, que traz vantagens de facilidade de utilização e melhor desempenho, para além de garantir uma gestão mais eficiente da bateria nos portáteis, características que certamente agradarão aos utilizadores de computadores do e-escolas, um mercado importante que envolve mais de um milhão de máquinas, se contarmos com os portáteis Magalhães.

Nas versões já à venda o Windows Home Premium a custar 219,99 euros, o Professional 349,99 e o Ultimate 364,99 euros. Os upgrades custam 134,99, 324,99 e 339,99, respectivamente.

Estão ainda disponíveis a partir de hoje as actualizações no Windows Anytime upgrade para a versão Home Premium, Professional e Ultimate com preços de 89,99, 204,99 e 219,99 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.