O Windows 8 está a ter uma fase inicial de vida bastante complicado, pelo menos em número de utilizadores. O novo sistema operativo da Microsoft estava instalado em 2,36% dos computadores a nível mundial no final de janeiro, numa subida de 0,58% relativamente ao mês de dezembro.

Ao fim de três meses o Windows 8 ainda não conseguiu ganhar a adesão dos utilizadores. Os números, em especial o valor de crescimento registado, tornam-se mais significativos tendo em conta que o mês de dezembro corresponde a época de "prendas", e era esperado que a taxa de utilização tivesse um crescimento mais acentuado.

Em comparação, o Windows 7 nos seus primeiros três meses de vida conseguiu uma quota de mercado de 7,71%, três vezes mais do que o Windows 8 regista atualmente.

E tudo isto numa altura em que as várias versões do novo sistema operativo acabaram de ficar mais caras, 900% em alguns casos, pelo que dificilmente a taxa de evolução do Windows deve crescer a ritmos muito superiores nos próximos meses - a menos que as fabricantes consigam vendas acima da média no mercado dos PC, tendência que não tem sido registada.

Segundo os valores da Net Applications, o Windows 7 continua a ser a versão mais utilizada do sistema operativo com uma taxa de 44,48%, seguido do "velhinho" Windows XP com 39,51% e do mal-amado Windows Vista com 5.24%.

[caption]Net Applications[/caption]

No panorama geral, o Windows continua a dominar largamente o mercado dos sistemas operativos para computadores, com uma taxa de utilização de 91,71%. O Mac conta com 7,08% das utilizações enquanto o Linux fica-se por 1,21% das instalações a nível mundial.

[caption]Net Applications[/caption]


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.