O Windows 10 marca o regresso “às origens”, recuperando mais a componente desktop e misturando melhor a parte ligada aos dispositivos com ecrãs sensíveis ao toque. São várias as novidades que vão ficar disponíveis para milhões de computadores no final do próximo ano.



Mas uma dúvida que ainda vai na cabeça de muitos utilizadores é “onde está o Windows 9?”. Agora um alegado programador da Microsoft revelou publicamente aquela que pode ser uma razão para o salto na nomenclatura do sistema operativo.



Diz o indivíduo, no Reddit e citado pelo CNet, que muitas aplicações e programas de outras empresas têm no seu código fonte uma referência ao Windows 95 e ao Windows 98 como Windows 9 – apenas por uma questão de uniformização e simplificação na referência aos sistemas operativos do século passado.



Para evitar qualquer tipo de problema ao nível da compatibilidade de software a Microsoft parece ter optado pela solução mais simples e decidiu por completo descartar a hipótese de chamar Windows 9 ao sucessor do Windows 8.



Outras teorias apontam para a necessidade de afastamento por completo da marca Windows 8 que não foi muito bem recebida junto dos utilizadores e da crítica especializada. O update para o Windows 8.1 melhorou significativamente o uso do mais recente sistema operativo, sobretudo para quem está habituado à versão desktop, mas a Microsoft continuou sem conseguir entusiasmar uma grande parte dos utilizadores.



Os interessados já podem ter acesso a uma demonstração do Windows 10 através de uma Technical Preview que a Microsoft disponibilizou e que pode ser descarregada aqui.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.