A partir de hoje já pode encontrar nas lojas o ZenBook Pro Duo, o novo portátil da Asus que pretende quebrar alguns paradigmas de produtividade, já que introduz um segundo ecrã na base, junto ao teclado. O objetivo é substituir mesmo os setups dos utilizadores que necessitam de um segundo ecrã, seja para jogar, produzir vídeos, compor música, ou qualquer outra tarefa multimédia. Essa foi logo a primeira questão colocada por André Gonçalves, relações públicas da Asus, sobre quem utilizava em casa ou no trabalho dois ecrãs ligados ao computador, resposta positiva da grande maioria dos presentes.

E a Asus não faz por menos, ao apresentar duas versões do computador, sendo que a versão Pro vem equipado com processador Intel Core i9-9980HK e GPU Nvidia GeForce RTX 2060, memória até 32 GB e disco NVMe SSD de 1 TB. Em termos de portas, apresenta uma Thunderbolt 3, duas USB-A, uma HDMI e uma saída para auscultadores. De ter em conta que tanto o ecrã principal como secundário oferecem resoluções de 4K, sendo o inferior de 14 polegadas e superior de 15,6 polegadas. Esta versão chega a Portugal com preços a arrancar nos 2.999 euros.

A Asus lançou também um modelo mais pequeno (de 14 polegadas) e mais acessível, o ZenBook Duo. O design e o conceito são semelhantes, mas apresenta monitores Full HD em vez de 4K, processador Intel Core i7 e GPU Nvidia GeForce MX250, além de não dispor de porta Thunderbolt. O preço deste portátil começa nos 1.699 euros.

Durante a apresentação em Lisboa foram colocadas duas máquinas à disposição de especialistas em diferentes áreas. Um a trabalhar uma complexa imagem em Photoshop, com diversas camadas, destacando que o segundo ecrã do portátil permite agrupar todas as ferramentas do programa, libertando o display principal para visualizar toda a imagem. Os outros exemplos prenderam-se com compositores de música e um DJ, o primeiro a distribuir os diversos instrumentos e sintetizadores pelos ecrãs, dispensando os instrumentos verdadeiros no seu trabalho. O DJ também utilizou os dois ecrãs para arrumar os seus sets de botões e efeitos especiais para as melhores passagens de música.

 Na prática, o portátil pode ser personalizado às necessidades de cada utilizador, seja numa configuração de quatro ecrãs (já que a parte inferior pode ser repartido em três partes), ou utilizar um apenas para atalhos de aplicações. Ou porque não distribuir as diversas ferramentas utilizadas para uma live streaming em baixo, incluindo a webcam, libertando o ecrã principal para colocar toda a área do jogo. São muitos os exemplos práticos de como o segundo ecrã (também) pode ir para todo o lado com os criativos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.