Foi hoje lançada pela Comissão Europeia e por um grupo de empresas a primeira fase de uma parceria público-privada que tem como principal objectivo apoiar a inovação na Europa e ajudar as empresas e os Governos a criarem soluções Internet capazes de gerir o aumento exponencial dos dados digitais, conforme explica uma nota de imprensa.


Nos termos da parceria vão ser explorados oito domínios de desenvolvimento na área das comunicações móveis, do software e dos serviços, onde se espera que a revolução dos dados possa criar inovação e emprego.


O acordo implica um investimento conjunto de 600 milhões de euros, direccionado ao desenvolvimento da Internet do futuro, num valor suportado em partes iguais pelos organismos públicos e empresas privadas, ao longo dos próximos cinco anos.


Juntam-se nesta parceria público-privada 152 organizações, entre privados, organismos de investigação e sector público, que vão trabalhar alinhadas com as actividades de investigação da União Europeia.


Os projectos lançados hoje - e que vão dominar a primeira fase da parceria - somam um investimento de 90 milhões de euros da União Europeia e incluem áreas como a segurança urbana, ambiente, media, mobilidade, entre outras. Os parceiros privados vão assegurar o mesmo financiamento, com o objectivo comum de desenvolver novas tecnologias, serviços e modelos de negócio para a Internet do futuro.


Nesta primeira fase da parceria, que decorre ao longo dos próximos dois anos o objectivo das organizações envolvidas é o de criarem uma espécie de caixa de ferramentas para os serviços genéricos, que servirá de base para um ensaio em grande escala dos desenvolvimentos seguintes.


Na segunda fase prevista (entre 2013 e 2014) avançam os ensaios em grande escala das aplicações e desenvolvimentos, que irão nascer do trabalho conjunto de organizações de 23 Estados-membros.



A terceira e última fase do projecto será dedicada à transformação "destes ensaios em ecossistemas digitais férteis e à sua ligação às respectivas políticas regionais de inovação", explica a Comissão Europeia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.