Um relatório apresentado ao Conselho dos direitos humanos da ONU, esta quarta-feira, revela que 750 mil predadores sexuais estão permanentemente ligados à Internet com o objectivo de contactar com crianças e jovens.

De acordo com a ONU, todos os dias são publicadas online mais de duzentas novas imagens, num mercado de produção e distribuição de conteúdos avaliado entre 2,04 e 13,62 mil milhões de euros ao ano.

Também a Unicef calcula que, actualmente, existam mais de quatro milhões de sites que apresentam fotos de jovens menores, incluindo crianças com menos de dois anos.

"À escala mundial os sites pornográficos que exploram as crianças multiplicam-se. (...) Haverá mais de 750.000 predadores ligados à Internet em permanência", alertou Najat M'jid Maala, relatora especial da ONU para a venda de crianças, prostituição infantil e pornografia com crianças, no seu relatório anual, citada pela Lusa.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.