O Pinterest vai ao que tudo indica iniciar os seus planos de ecommerce ainda em 2015. A rede social vai incluir um botão "comprar" em algumas publicações que coloca a aquisição de produtos a apenas um clique de distância.

Atualmente o Pinterest é uma das maiores montras de produtos do mundo. A rede social vive muito das imagens colocadas por utilizadores que têm interesse em vários segmentos - moda, desporto, gastronomia, mobiliário e tecnologia -, e agora parece querer ir um pouco mais além.

Escreve o Re/Code que o botão "comprar" pode chegar nos próximos seis meses, mas que numa fase inicial a experiência será reduzida por ser isso mesmo, um teste de conceito.

Empresas parceiras não faltarão já que o tempo em ver um objeto, desejá-lo e poder comprá-lo será reduzido a apenas alguns segundos. Outro ponto forte da plataforma é a curadoria de conteúdos, isto é, existe um forte cuidado com a qualidade e o "aspeto" das imagens que lá são publicadas.

A informação surge pouco tempo depois de o Pinterest também ter introduzido uma funcionalidade na plataforma que permite fazer a instalação direta de aplicações iOS nos equipamentos dos utilizadores.

Do ponto de vista comercial a plataforma até aqui sobrevivia sobretudo através dos pins promovidos. Quando surgiu o Pinterest era visto como um quadro de cortiça na Internet onde os utilizadores podiam afixar os itens mais interessantes que fossem encontrado na "grande rede".

Atualmente o Pinterest tem 70 milhões de utilizadores ativos por mês, o que é uma base significativa para uma empresa que quer começar a monetizar o conceito da rede social. O serviço tem neste momento uma avaliação de cinco mil milhões de dólares.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.