Amazon, Cisco, Google, Intel, Microsoft, Mozilla e Netflix, fundadoras, estão empenhadas em apresentar um codec em código aberto e livre de royalties para streaming de alta definição que sirva uma variedade de dispositivos.

A iniciativa confronta inevitavelmente o formato Flash, que tem vindo a sofrer cada vez mais restrições, por todas as críticas de segurança que lhe são feitas. Ainda recentemente o Chrome passou a bloquear anúncios na tecnologia da Adobe.

De acordo com a Mozilla, num post publicado no seu blog, a aliança irá operar sob a patente W3C e lançar o standard sob licença Apache 2.0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.