As aplicações móveis gratuitas serão responsáveis por 89% do total de downloads realizados através das lojas associadas a sistemas operativos móveis em 2012, segundo um estudo realizado pela Gartner. Os utilizadores de smartphones realizarão este ano 40 mil milhões de downloads de aplicações gratuitas e 5 mil milhões de aplicações pagas, num total de mais de 45,6 mil milhões de downloads.



Na liderança do mercado, a App Store deverá suportar o download de mais de 21 mil milhões de aplicações, num aumento de 74% em relação ao ano passado, resultado da incessante procura por parte dos utilizadores por aplicações móveis.



Em 2016 estima-se que os valores dos downloads, tanto de aplicações pagas como gratuitas, quadrupliquem em relação a este ano. Serão descarregadas cerca de 21 mil milhões de aplicações pagas, o que gerará um aumento da receita nas aplicações com opções de compra, assinaturas ou níveis extra, no caso de jogos.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Esta evolução aumentará o peso das aplicações pagas neste mercado de 5% em 2011 para 30% em 2016. Para a Apple isso traduzir-se-á num aumento do peso destas receitas de 10% para 41%, tendo em conta o mesmo período.



No entanto, a empresa de consultoria garante também que a Apple terá concorrência à altura, visto que o Google Play, o Windows Marketplace, a Amazon e o Facebook, com a App Center, estão em grande crescimento no mercado de aplicações.



Em especial, o último terá um papel importante perante os concorrentes devido à sua forte marca e posição no mercado, não só no campo das redes sociais mas também no dos jogos, acrescenta a diretora de pesquisa da Gartner.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.