A Apple publicou uma actualização de segurança onde, entre outras correcções, lança um patch a um erro crítico de DNS - considerado um dos mais perigosos de sempre -, que outras empresas têm vindo a solucionar desde o início de Julho, altura em que foi detectado.



A falha em questão permitia que um utilizador mal-intencionado corrompesse a cache de servidores DNS, o que levava ao reencaminhamento dos acessos a sites legítimos para domínios falsos.



A Apple está entre as empresas mais criticadas pela demora a corrigir esta vulnerabilidade. Outros fabricantes, como a Microsoft e a Cisco trataram de corrigir o erro assim que este foi detectado, a 8 de Julho deste ano.



Notícias Relacionadas:

2007-12-11 - Analistas prevêem novas ameaças derivadas de falhas em servidores DNS

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.