Ainda não existe nenhuma confirmação oficial, mas fontes do Recode afirmam que a Yahoo sofreu uma quebra de segurança e que os dados de centenas de milhões de contas podem ter sido expostos a cibercriminosos.

Os detalhes avançados são bastante escassos, mas suspeita-se que estejam já a decorrer investigações, e ações legais podem ser uma possibilidade. As mesmas fontes indicam que a Yahoo deve anunciar a quebra ao longo da próxima semana.

A Verizon, uma das maiores operadoras de telecomunicações dos Estados Unidos, anunciou a compra da empresa de Marissa Mayer no passado mês de julho. No entanto, para que a fusão possa ser devidamente terminada precisa ainda de receber o aval dos acionistas da Yahoo e de algumas entidades reguladoras.

À luz dos acontecimentos, este negócio, avaliado em 4,83 mil milhões de dólares, pode ter de enfrentar alguns obstáculos imprevistos para obter carta-branca para ser finalizado.

Vale a pena relembrar que, em agosto, o site Motherboard escreveu que um hacker, cuja identidade cibernética é “Peace”, estaria a vender dados de mais de 200 milhões de utilizadores dos serviços web da Yahoo. Segundo consta, a empresa, na altura, afirmou que tinha conhecimento das reivindicações do hacker, mas não confirmou nem negou que os dados eram, de facto, de utilizadores Yahoo.

O anúncio a ser feito diz respeito a este incidente. Contudo, a empresa não emitiu qualquer tipo de comunicado a sugerir que os seus utilizadores alterem as suas palavras-passe, nem nada que possa indiciar uma quebra na segurança dos sistemas.

Nota de redação: A Yahoo confirmou esta quinta-feira o ataque. Cerca de 500 milhões de contas foram comprometidas. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.