Novembro foi mês do Bitcoin. O valor da moeda digital escalou de maneira significativa e durante o dia de ontem, 27 de novembro, chegou a atingir os 1.073 dólares, cerca de 785 euros, no mercado de troca Mt. Gox.

Existem alguns motivos que ajudam a explicar a valorização registada no último mês. Em primeiro lugar está a constante especulação de que a o Bitcoin é alvo, e que dependendo das situações, tanto pode ser positiva como negativa. Nas últimas semanas acabou por ser positiva pois durante uma audiência no Senado norte-americano, entidades legais e agências de segurança consideraram que a moeda pode vir a ser considerada como uma divisa legítima.

Além do interesse que os norte-americanos têm mostrado pela moeda - que é descentralizada de bancos e entidades regulatórias -, escreve a Bloomberg que na China também tem havido um cada vez maior interesse pelo Bitcoin.

Mas há mais astros “alinhados”. Recentemente a Virgin Galactic, empresa de viagens turísticas ao espaço de Richard Brunson, revelou que está a aceitar pagamentos em Bitcoins. Isto mostra que mesmo pessoas reconhecidas e marcas com valor estão a dar uma prova de confiança à moeda.

No início do mês a moeda estava a valer 270 dólares

A escalada no valor do Bitcoin começou depois de o FBI ter fechado o site SilkRoad, onde se vendiam drogas e armas a troca da moeda digital. Esta “detenção” acabou por ajudar a limpar a imagem que a divisa tinha junto de algumas pessoas.

É ainda de registar que o valor de mil dólares por cada Bitcoin foi atingido poucos dias depois de ter sido feito um dos maiores roubos da moeda de sempre, tendo sido furtados Bitcoins no valor de um milhão de dólares. Há alguns meses atrás uma situação semelhante teria feito com que a moeda desvalorizasse para cerca de metade, como já aconteceu noutras situações semelhantes.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.