Depois de testes que se realizaram no ano passado a bordo de alguns aviões da Lufthansa e da British Airways, a Connexion by Boeing deve arrancar ainda este mês com serviços comerciais de acesso à Internet a bordo dos aviões da companhia aérea de origem germânica. Os serviços serão taxados a preços diferentes consoante os voos sejam de longa ou média e curta duração, mas a empresa tem também uma tarifa especial para menos de 3 horas.



A Connexion garante que os testes que decorreram no ano passado foram muito bem sucedidos. Segundo os dados apurados, 75 por cento dos passageiros profissionais transporta consigo um computador portátil, e durante os testes mais de 80 passageiros em cada voo experimentou o serviço.



"Manter-se em contacto torna-se cada vez mais importante para a produtividade, assim como para a capacidade dos viajantes manterem um balanço saudável entre os compromissos profissionais e as obrigações familiares", explica Scott Carson, presidente da Connexion by Boeing.



O serviço Connexion by Boeing SM, garante uma à Internet ligação de banda larga, com acesso sem limites através de VPNs (virtual private network) às redes empresariais e contas de email seguras. Para além do acesso à Internet, o serviço vai oferecer o acesso a jogos, que se dirige igualmente aos passageiros em viagens de lazer.



Os utilizadores devem ter os seus portáteis ou PDAs equipados com acesso Wi-Fi, mas a empresa não considera que este facto possa ser um impedimento à adesão ao serviço, já que até 2006 se espera que 90 por cento dos portáteis empresariais estejam equipados com esta tecnologia.


As tarifas estabelecidas para o serviço variam entre 29,95 euros para voos de longa duração e 19,95 euros para distâncias médias, mas a empresa tem igualmente uma tarifa de 14,95 euros para uso de Internet até 3 horas. Para quem quiser usar a Internet em períodos mais curtos, a Connexion tem ainda disponível um pacote que custa 9,95 euros por trinta minutos, com um preços de 0,25 por minuto adicional.

O serviço da Connexion by Boeing surge quase dois anos depois do inicialmente previsto, atrasado pelo retrocesso nos negócios das companhias aéreas causado pelo ataque terrorista de 11 de Setembro. Este atraso fez com que a empresa perdesse também um pouco da inovação prometida já que a rival Tenzing Communications já oferece serviços de email e envio e recepção de mensagens de texto, mas não de navegação web, a bordo de cerca de 800 aviões nos Estados Unidos.

Notícias Relacionadas:

2003-02-11 - Connexion leva Internet a aviões

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.