O governo da Coreia do Sul estima que 8,8 por cento dos utilizadores de Internet no país - um dos mais desenvolvidos do mundo na oferta de serviços de Internet - sofram de dependência e está a ultimar um pacote de medidas para combater o problema.


Uma das propostas anunciadas pelo gabinete do Primeiro-Ministro local é a disponibilização de software que limite o tempo de utilização da Internet. A ferramenta, que será disponibilizada de forma gratuita a partir do próximo ano, vai ter duas versões: Desligamento consentido e Fatiga da Internet.


Na primeira configuração permitirá definir um período de utilização, pelo próprio ou por terceiros, após o qual a Internet é desligada. Na segunda - vocacionada para o uso em jogos - o jogo vai-se tornado progressivamente mais chato até que o jogador se aborreça.


A dependência dos videojogos é uma das principais vertentes da dependência online onde que preocupa os coreanos. De acordo com dados do Korea Computer Life Institute, um terço dos adultos são dependentes de jogos, bem como cerca de um quarto dos adolescentes, cita a Agência France Press.


Episódios recentes como a morte de um jovem na sequência de horas seguidas a jogar e de uma bebé deixada sem comida pelos pais, enquanto jogavam num cibercafe uma maratona online de um jogo que tinha como objectivo cuidar de bebes colocaram o tema em discussão.


No pacote de medidas que está a ser desenhado pelo Ministro da Administração Pública e Segurança prevêem-se também medidas educativas e aconselhamento.


O objectivo é conseguir uma redução dos níveis de adição para 5 por cento em 2012.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.