Os bilhetes para o Web Summit são de vários géneros, mas já sobram em muito poucas categorias. No entretanto houve quem avançasse que estavam todos esgotados, mas erradamente. Paddy Cosgrave veio pôr tudo em pratos limpos nas redes sociais.

O mentor do evento de tecnologia e empreendedorismo referia esta manhã que realmente estão quase todos vendidos, prevendo-se que esgotem até ao final desta sexta-feira, quando a previsão inicial apontava para que isso acontecesse durante o fim-de-semana.

Neste momento sobram entradas individuais a 1.500 euros e a 4.995 euros, depois de oficialmente esgotados os bilhetes associados ao programa Inspire, 10.000 unidades no início e mais 2.000 adicionais. Também aparecem com selo de “sold out” as entradas Chairperson, que custavam 24.995 euros.

 

As diferenças de preços justificam-se com aos "benefícios" relacionados com o tipo de entrada em questão, nomeadamente bebidas, jantar e acesso ao Speakers Lounge durante os três dias da conferência.

De resto, está quase tudo assegurado para que a edição de 2017 do Web Summit tenha início, sob o pesado legado do ano passado, mas com objetivos de superação, tanto da organização como dos principais parceiros.

São mais de 1.000 os oradores confirmados, entre os quais algumas estrelas mundiais de diferentes “origens” e responsáveis de gigantes empresariais de vários sectores, como Inteligência Artificial e Robótica, Automóvel e Segurança Informática.

No segundo ano em que Lisboa recebe a maior conferência internacional de empreendedorismo, tecnologia e inovação, 280 startups nacionais vão tentar a sua sorte na procura de quem invista no desenvolvimento das suas ideias.

Como não podia deixar de ser, o TEK vai estar mais uma vez a acompanhar os momentos mais importantes do evento e a principal informação vai passar por aqui.