A empresa responsável pelo rastreio de downloads na França, para posterior denúncia no âmbito da lei Hadopi, teve acessíveis, este fim-de-semana, os endereços IP de milhares de internautas.

A Trident Media Guard (TMG) é contratada pela sociedade de gestão da Lei Hadopi para analisar as redes de partilha de ficheiros e detectar e denunciar os downloads ilegais que levam à activação do procedimento dos três avisos - e que por sua vez pode levar à suspensão da ligação à Internet do utilizador em questão.

A informação é avançada pelo site francês Numerama que refere também ter recebido por parte da Anonymous France uma listagem com 5.342 ficheiros BitTorrent analisados pela TMG. Entre eles há endereços do servidor que emite os ficheiros para troca.

Os ficheiros mais recentes datam de 14 de Maio deste ano e os mais antigos são de 2008 - o que pode levantar questões relativamente ao tempo que a TMG guarda os dados dos internautas.

Segundo o Numerama, nem toda a informação corresponde a actividade dos internautas franceses, levando a supor que a empresa trabalhe também para entidades de outros países.

Entre os ficheiros listados estão desde filmes em versão original a imagens de fundo dedicados a Michael Jackson, o que faz pensar que a empresa armazena dados sem fazer uma verificação inicial do seu conteúdo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.