O relatório da eMarketer, citado pelo The Guardian revela que o Facebook está a envelhecer e que, durante este ano, o número de utilizadores entre os 55 e 65 anos será de 6.4 milhões no total, o que representa um aumento de 500 mil novos utilizadores acima da barreira dos 55 anos.

A celebrar 14 anos, a rede social ainda continua a ser aquela onde as pessoas passam mais tempo, mas parece estar em declínio, principalmente para os utilizadores entre os 12 e os 24 anos.

De acordo com a previsão do estudo, 6,7 milhões de utilizadores dentro dessa faixa etária vão usar o Facebook regularmente este ano, o que representa menos 700 mil do que no ano passado.

E parece que a preferência está a recair na plataforma rival, o Snapchat, conforme diz Bill Fisher, analista da eMarketer.

"O Facebook tem um problema de adolescentes", explica, acrescentando que, apesar de, até agora, o Facebook ter conseguido “que quem muda de plataformas acabe no Instagram", “há agora sinais de que os jovens estão a ser influenciados pelo Snapchat", acrescentou.

Também nos EUA, esta é uma tendência, conforme noticia o Recode, que afirma que o número de utilizadores daquela rede social, entre os 12 e os 17 anos, diminuiu 9,9% em 2017, num total de 1,4 milhões de consumidores.

O valor é três vezes superior ao que a eMarketer previu no ano passado, que seria uma queda de 3,4%.

Entre os motivos apontados para este declínio, o principal é a existência das muitas opções que os jovens têm para se manterem em contato com os amigos e familiares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.