O Facebook coloca a partir de hoje à disposição dos utilizadores uma nova ferramenta para criação de listas de amigos, a que chama "inteligentes". A classificação deve-se ao facto de estas serem automaticamente criadas pelo serviço.

"Gerir listas é aborrecido. É por isso que as listas inteligentes fazem o trabalho por si", escreve a empresa no blog oficial do serviço, onde explica que, para começar, serão criadas quatro categorias que servem como critério para agrupar os contactos: trabalho, escola, família e cidade.

A ferramenta, que é opcional e personalizável, vai permitir também ao utilizador aceder apenas às atualizações de um grupo em particular, ao invés de procurar as que lhe interessam entre a amálgama de publicações no feed geral.

Quem optar por recorrer à funcionalidade, poderá acrescentar-lhe novos grupos e editar os existentes, acrescentando e removendo contactos, esperando-se que a criação automática dos primeiros sirva como incentivo à utilização do recurso.

Aqueles que forem classificados como "amigos íntimos" terão, por exemplo, lugar de destaque no feed de notícias, sendo as suas publicações destacada das restantes, podendo o utilizador optar também por receber notificações no email de cada vez que estes publicam novidades.

Já aos listados como "conhecidos" será dada menor importância, sendo apenas destacadas grandes notícias a seu respeito, como casamentos ou nascimento de crianças, exemplificou um porta-voz do serviço, em declarações à Associated Press.

Esta não é a primeira vez que o Facebook procura melhorar as ferramentas ao dispor dos utilizadores para estes possam especificar quem na sua lista de contactos terá acesso aos diferentes conteúdos publicados, consoante o grau de intimidade ou o tipo de relação.

O motivo apontado é do costume. A relação que mantemos com um colega de trabalho, um amigo de longa data ou um familiar pode não ser a mesma, assim como aquilo que, na vida real, partilhamos com cada um deles não será necessariamente o mesmo. É esta dinâmica que os ditos serviços sociais têm procurado transpor para as relações virtuais.

Esta não é a primeira vez que o Facebook procura melhorar as ferramentas ao dispor dos utilizadores para estes possam especificar quem na sua lista de contactos terá acesso aos diferentes conteúdos publicados, consoante o grau de intimidade ou o tipo de relação. Só que desta vez é impossível não analisar a novidade à luz do sistema de "círculos" introduzido pelo Google+

Escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.