Tal como havia anunciado, a Microsoft quebrou o ciclo de publicações Patch Tuesday para lançar uma correcção para a vulnerabilidade crítica no Internet Explorer que esteve na origem dos ataques chineses ao Google.

A gigante da Internet apela aos utilizadores que apliquem a actualização ao browser “o mais rapidamente possível”. Tal como noutras situações, àqueles que tiverem activo o sistema automático de actualizações não será exigida qualquer acção relativamente a esta correcção. A actualização obriga ao reboot do computador.

No post colocado no blog do Security Response Center refere-se que a actualização agora disponibilizada estava planeada para o próximo boletim de segurança mensal da Microsoft.

Há uns dias atrás, no mesmo blog, a Microsoft anunciava que iria lançar a correcção fora do ciclo de publicações Patch Tuesday “dado o significante nível de atenção que o problema gerou, a confusão acerca do que é possível os consumidores fazerem para se protegerem e a intensificação da ameaça”, escrevia George Stathakopoulos.

A vulnerabilidade no Internet Explorer trouxe alguns dissabores à gigante da informática, depois de na semana passada ter admitido que a falha esteve na origem do ataque chinês às contas do serviço de correio electrónico da Google.

Insatisfeitas com a resposta da Microsoft ao problema, Alemanha, França e Austrália chegaram a desaconselhar a utilização do navegador.

As recomendações de abandono terão beneficiado de facto a concorrência. Enquanto a Mozilla revela que registou um “aumento acentuado” de downloads do Firefox na Alemanha, a norueguesa Opera confirma que os downloads do seu navegador duplicaram face aos níveis normais no último fim de semana, além de ter registado um crescimento de 40 por cento nos pedidos provenientes vindos da Austrália.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.