Recorrendo mais uma vez às novas tecnologias, a Direcção-Geral dos Impostos (DGCI) enviou cerca de 200 mil mensagens de correio electrónico a contribuintes com dívidas fiscais, recomendando-lhes que regularizem a sua situação tributária.




A acção insere-se na "estratégia de pedagogia, moderação e interacção com devedores que [a DGCI] tem vindo a implementar", refere o comunicado enviado à imprensa pelo Ministério das Finanças.




Entre os visados estão 36 mil contribuintes de Impostos sobre o Rendimento (31 mil de IRS e 5.000 de IRC) e 54 mil contribuintes com dívidas referentes ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) relativas a 2007.




No conjunto de visados, a DGCI incluiu também 24 mil devedores com planos mensais de liquidação de dívidas que não cumpriram uma ou mais prestações.




Os emails foram, igualmente, enviados a cerca de 50 mil empresas "que efectuam retenções na fonte de IRS aos seus trabalhadores, e que repetidamente não o entregam ao Estado, ou que recebem IVA dos seus clientes e dele se apropriam". De acordo com as Finanças, estes devedores receberam mensagens onde se recomenda a regularização voluntária da situação, antes da eventual instauração de inquérito criminal.




Notícias Relacionadas:

2007-12-21 - DGCI alerta por email sobre possibilidade de perda de benefícios fiscais

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.